Podemos te Ajudar?
Você está interessado em:
Twitter
Facebook
Intoxicação e Envenenamento

O que fazer?        

Nos casos de intoxicação por contato (pele):

 

 Lavar abundantemente o local afetado com água corrente.

 Se os olhos forem afetados: lavar com água corrente durante 15 minutos e cobri-los, sem pressão, com pano limpo ou gaze;

 Encaminhar ao serviço médico.

 

 

Nos casos de intoxicação por inalação:

 

 Remover a vítima para local arejado.

 Encaminhar ao serviço médico.

 

 

Nos casos de intoxicação por ingestão:

 

 Não provocar vômito.

 Não oferecer água, leite ou qualquer outro líquido.

 Encaminhar, com urgência, para serviço médico.

 

 

SEMPRE que consultar a Central de Intoxicação é importante saber:

 

 Tem sintomas de intoxicação? Quais?

 Qual o produto ingeridoe quantidade.

 Capacidade do frasco onde estava o produto e quantidade restante.


 Tipo de ingestão: acidental, intencional ou forçada?


A vítima usa medicamentos habitualmente?


Se intoxicação por gás: tempo que inalou o gás e se o ambiente é ventilado ou não?


Se intoxicação por contato: tempo que ficou com a roupa.


Medidas de socorro tomadas até o momento.

 

Utilize as condutas do Centro de Controle de Intoxicação
(Em SP 0xx11 5012 5311 ou CEATOX 0800 148110)

 

 

Veneno

 

O que não fazer ? 

 

 

Nao provocar vômito em:

 

 Menores de 1 ano ou idosos.


 Vítimas com alteração do nível de consciência (sonolência, agitação).


 Vitima que ingeriu produtos caústicos (soda cáustica), derivados de petróleo (gasolina, querosene), metais pesados (chumbo,     mercúrio) e resíduos sólidos (vidro, madeira).

 

Substância que, se introduzida no organismo em quantidade suficiente, pode causar danos permanentes ou temporários.
As intoxicações e o envenenamento são causados pela ingestão, aspiração e introdução no organismo, acidental ou não, de substâncias tóxicas de naturezas diversas. Podem resultar em doença grave ou morte em poucas horas se a vítima não for socorrida em tempo.

 

 

Substâncias comuns nas intoxicações:

 

 Entorpecentes e medicamentos em geral.


 Produtos químicos utilizados em laboratório e limpeza doméstica.


  Alimentos deteriorados.


  Venenos utilizados no lar (como raticidas).


 Gases tóxicos.

 

 

Vias de penetração:

 

 Boca: ingestão de qualquer tipo de substância tóxica (química ou natural).


  Pele: contato direto com plantas ou substâncias químicas tóxicas.


  Vias respiratórias: aspiração de vapores ou gases emanados de substâncias tóxicas.

 

 

Reconhecimento

 

Exame do local ? 

 

  Situações de risco, como por exemplo a presença de produtos de limpeza ou medicamentos ao alcance de crianças.


  Restos de drogas, veneno nos arredores


  Recipientes, aplicadores


  Vômito.

 

 

Sinais e sintomas

 

Envenenamento por ingestão 

 

 Queimaduras, lesões ou manchas ao redor da boca.


 Odores incomuns da respiração, no corpo, nas roupas da vítima ou do ambiente.


 Hálito com odor estranho.


 Transpiração abundante.


 Queixa de dor ao engolir.


 Queixa de dor abdominal.


 Náuseas, vômito, diarréia.


 Alterações no nível de consciência, sonolência.


 Convulsões.


 Alumento ou diminuição do diâmetro das pupilas.


 Alterações no pulso, respiração e temperatura.

 

 

Envenenamento por contato 

 

 Manchas na pele.


 Coceira.


 Irritação nos olhos.


 Dor de cabeça.


 Temperatura da pele aumentada.

 

 

Envenenamento por inalação 

 

Dependem do tipo de veneno inalado. Geralmente ocorre:

 Respiração rápida.


 Tosse.


 Freqüentemente os olhos da vítima aparecerão irritados.

 

 

Voltar para Qualivida

Localização
Rua Coronel Melo de Oliveira, 548 Vila Pompéia - São Paulo - SP

Informações
Central de Atendimento
(11) 3676 - 0790
(11) 3865 - 1772